5 passos para criar um bordado do zero

💎 1 - Comece definindo o perfil para quem você fará o bordado (use o questionário padrão como apoio);

💎 2 - Reúna referências como imagens de inspiração, gravuras, recortes, fotografias, ilustrações, arte, outros bordados e etc;

💎 3 -Transforme todas estas ideias em papel impresso, monte a ilustração final do seu risco e transfira o desenho para um papel definitivo;

💎 4 -Escolha que pedrarias e pontos você imagina que ficarão bonitos em seu bordado;

💎 5 -Já com o risco transferido para o tecido da roupa, teste na prática todos os detalhes da sua criação. Desmanche pontos ou troque pedrarias e cores, conforme necessário. Deixe sua criatividade fluir;

😱 APENAS ISSO! 😍

No início, tudo bem    se inspirar em outros bordados...

IMPORTANTE

👉 - Então, não faça deste momento de criação de um bordado inédito uma cobrança ou um martírio... Realmente não é tão rápido criar um bordado do zero. Principalmente quando estamos começando e nosso repertório mental de bordados (os que a gente já fez ou viu em algum lugar) é pequeno. Por outro lado, também não acredite que ser criativa é um bicho de seta cabeças, porque não é verdade. Você é absolutamente capaz de criar algo único, com suas ideias. Só precisa pegar a prática.

Sobre isso, quero te dar uma dica preciosa e sincerona: Comece reproduzindo algum bordado que já existe! Pode ser de uma grife das passarelas, um bordado que você viu na revista, na vitrine e também os meus bordados (será uma honra!). ''Mas Fernanda, isso não é copiar?'' Desde que você dê os devidos créditos e quem criou o bordado e não saia por aí dizendo que foi você quem o inventou, tá tudo bem! Sem falar que se é um bordado para você vestir E NÃO PARA COMERCIALIZAR, será uma reprodução absolutamente honesta. O mais importante é você aprender com um bordado que já foi testado e executado. Seja pela escolha dos pontos, a combinação de cores e também a idealização das texturas, sempre temos muito a ganhar ao reproduzirmos bordados de sucesso!

Mas também, vou te propor um exercício válido: Não copie 100% do bordado, não. Desafie a si mesma a dar uma personalizada, uma encrementada no bordado. Se você viu um lindo bordado de flores vermelhas numa coleção da Dolce, tente executá-lo com uma flor que você tem no seu jardim, por exemplo. Se viu um bordado verde, faça ele em azul... Coloque sua personalidade no bordado. Esse tipo de mudança criativa, nos faz aprender ainda mais.